Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Concorrência em um contexto de tecnologias exponenciais

Eduardo Barbosa

Eduardo Barbosa

Com o avanço tecnológico, as fronteiras competitivas evoluíram para além da segmentação por mesmo setor. A proposta de valor se torna ponto chave na diferenciação do seu negócio imobiliário.
Foto de Tim Gouw para Unsplash

Em um mundo VUCA o contexto predominante é volátil, incerto, complexo e ambíguo. Diante disso, as mudanças organizacionais precisam acontecer rapidamente. É preciso desenvolver táticas flexíveis e ter atenção as variações que os ambientes internos e externos podem sofrer, se ajustando aos imprevistos e avaliando como as tecnologias podem impactar no seu modelo de negócio.

De acordo com o livro “Transformação Digital: repensando o seu negócio para a Era Digital”, de David L. Rogers, existem 5 domínios estratégicos em mutação nessa era que fazem com que possamos observar esse novo mundo mais de perto.

Eles são os clientes, competição, dados, inovação e valor.

Transformação Digital: repensando o seu negócio para a Era Digital

Ao longo desses 5 domínios, as tecnologias digitais estão redefinindo muito dos princípios básicos da estratégia e mudando as regras de como as empresas devem operar no mercado para serem bem-sucedidas. Neste sentido, a competição até pouco tempo atrás se dava entre empresas rivais muito parecidas com elas mesmas, ou seja, dentro do mesmo segmento.

Com o avanço da tecnologia, estamos caminhando para um mundo de fronteiras mais fluidas em relação aos setores. Os nossos maiores desafiadores serão concorrentes fora do nosso segmento que oferecem propostas de valor semelhantes, virando de ponta cabeça parcerias e cadeias de fornecimento — os nossos parceiros de negócios de longa data podem tornar-se nossos maiores concorrentes e surgirão novos entrantes constantemente, dado o nível de ampliação ao empreendedorismo promovido pela tecnologia.

E o mais preocupante para o setor imobiliário é que de acordo com o relatório  “Construção do amanhã – panorama de inovação nos setores imobiliário e de construção no Brasil”, feito pela Deloitte em parceria com o fundo de investimento Terracotta Ventures, apenas 39% das empresas que atuam no setor de construção possuem uma estratégia de inovação definida

Nesse grupo estão incluídas imobiliárias, construtoras, incorporadoras e escritórios de engenharia e arquitetura. Mais de um terço das empresas (36%) não alocam recursos para processos ou iniciativas de inovação, e 75% delas não têm qualquer sistema de recompensa para ideias inovadoras. Das empresas pesquisadas no estudo, somente 22% afirmaram realizar atividades de pesquisa e desenvolvimento.

Relatório “Construção do amanhã – panorama de inovação nos setores imobiliário e de construção no Brasil” (Deloitte e Terracotta Ventures)

E a consequência é que o setor está pronto para ser “disruptado”. Segundo o “Mapa das Construtechs” elaborado pela Terracotta, fundo vertical especializado em construção, o número das startups da área cresceu 180% nos últimos quatro anos. De 250 startups em atividade em 2016 saltamos para mais de 700.

O fato é que a batalha se concentra na disputa de influência entre empresas, com modelos de negócio muito diferentes, cada uma buscando a alavancagem diante ao consumidor final e isto sobrepõe as segmentações até então estabelecidas que permitiam monitorar e acompanhar o movimento da concorrência, no mundo atual, isto já não existe mais.

Mas será que a sua empresa está preparada para lidar com tudo isso?

Saiba que os negócios que conseguem se ajustar neste cenário, transformam-se a partir de uma mudança estrutural em suas organizações, por meio de processos inovadores e disruptivos, ganhando destaque e diferencial competitivo, pois, passam a usar tecnologias digitais para solucionar problemas tradicionais, como: quedas no desempenho, produtividade, agilidade e eficácia, ampliando a experiência de seus cliente e colaboradores, através de propostas de valor cada vez mais personalizadas.

Sobre o autor

Eduardo Barbosa

Eduardo Barbosa

Digital adviser e CEO do Grupo Brognoli, Eduardo Barbosa é uma das referências nacionais em inovação e transformação digital no Mercado Imobiliário.
Eduardo Barbosa

Eduardo Barbosa

Digital adviser e CEO do Grupo Brognoli, Eduardo Barbosa é uma das referências nacionais em inovação e transformação digital no Mercado Imobiliário.

Continue explorando..